Ciência

Descobertos primeiros fósseis de vida pluricelular

Uma equipa de cientistas afirmou ter descoberto, no Gabão, diversos fósseis da primeira forma de vida pluricelular. Estima-se que os fósseis encontrados tenham 2,1 mil milhões de anos, contrariando a ideia que a vida pluricelular tenha surgido há 600
Versão para impressão
Uma equipa de cientistas afirmou ter descoberto, no Gabão, diversos fósseis da primeira forma de vida pluricelular. Estima-se que os fósseis encontrados tenham 2,1 mil milhões de anos, contrariando a ideia que a vida pluricelular tenha surgido há 600 milhões de anos, como se pensava até hoje.

A descoberta foi feita no Sudeste do Gabão, num local perto de Franceville, e foi o assunto de capa da revista Nature da passada quinta-feira, dia 1 de julho, ao fazer recuar em 1,5 mil milhões de anos o aparecimento da vida complexa na Terra

Os cientistas afirmam que as análises realizadas às estruturas dos fósseis, a partir de uma técnica designada por microtomografia de raios X, indicam que se trata mesmo de vida pluricelular.

A transição de organismos unicelulares para multicelulares foi um passo crucial na evolução da vida na Terra, ao possibilitar o aparecimento de todos os organismos complexos, incluindo plantas e animais.

Desconhece-se ainda se os fósseis encontrados na África tinham células que cresceram de maneira coordenada ou se são apenas conjuntos de várias bactérias unicelulares.

[Notícia sugerida pela utilizadora Sara Saraiva]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório