Saúde

Descoberto vírus que elimina cancro da mama em 7 dias

NULL
Versão para impressão
Cientistas da Universidade PennState, no estado da Pensilvânia (Estados Unidos) anunciaram,  na  semana passada, a descoberta de um vírus que, em laboratório, consegue matar as células do cancro da mama em “apenas sete dias”.
 
O vírus, conhecido como adeno-associado tipo 2 (AAV2), é transportado por cerca de 80 por cento dos seres humanos e não causa qualquer doença.
 
Os investigadores descobriram as propriedades anti cancerígenas do vírus em 2005, quando verificaram que as mulheres que transportam este vírus e que contraíram o papilomavirus humano (responsável pelo cancro do colo do útero) tinham menos probabilidades de desenvolver determinados tipos de cancro.
 
Aplicado em células cancerígenas de cultura, o vírus conseguiu destruir 100 por cento das células em apenas sete dias. Os cientistas também testaram, como sucesso, a aplicação do vírus no tratamento de outros tipos de cancro, como o da próstata.
 
Segundo Samina Alam, uma das autoras do estudo, o AAV2 não ataca as células saudáveis. No entanto, se doses extra do AAV2 forem aplicadas em humanos, o sistema imunitário do corpo poderá reagir para tentar eliminar o vírus. Por isso é importante saber como o vírus atua antes de o aplicar em doentes.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da PennState.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes, Raquel Baêta e Gonçalo Pereira]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório