Ciência

Descoberto cometa com água igual à dos nossos oceanos

NULL
Versão para impressão
Cientistas internacionais descobriram um cometa que possui reservas de água semelhantes às que existem nos nossos oceanos. A descoberta vem confirmar a teoria existente de que a água da Terra provém de asteroides.

A suspeita desta existência circula há muito tempo, mas só agora foi encontrada uma prova concreta. O Cometa Hartley 2 foi analisado pelo Telescópio Espacial Herschel e descobriu-se na sua composição a mesma quantidade de deutéiro, um tipo raro de hidrogénio que existe nos oceanos terrestres, explica a BBC.

O que este estudo, publicado na revista Nature, vem dizer é que a água que existe no nosso planeta, pode ter chegado através do impacto de cometas. De facto, aquando da sua formação, a Terra era um planeta rochoso e seco, mas alguma coisa trouxe a água para o planeta.

As análises realizadas até hoje comprovaram que, de acordo com as quantidades de deutério existentes nos corpos celestes, os asteroides são os únicos que podem ser a origem do líquido indispensável à vida.

Ao contrário dos cometas que tinham sido analisados até agora, da Nuvem Oort, o Hartley 2 terá tido origem numa zona do universo diferente, o Cinturão de Kuiper, cinco mil vezes mais distante, indica a BBC.

“Temos de pensar seriamente e tentar encontrar uma forma de compreender melhor o que se passa no Sistema Solar, e assim perceber se podemos, de fato, indicar os cometas como a fonte da água da Terra”, explicou Ted Bergin, da Universidade do Michigan, coautor do estudo.

O próximo passo é estudar outros cometas com a mesma origem para “avaliar se muitos dos cometas do Cinturão de Kuiper são como o [cometa] Hartley 2”, disse James Greenwood da Universidade de Wesleyan, nos EUA.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório