Ciência

Descobertas fontes hidrotermais a norte dos Açores

NULL
Versão para impressão

Uma expedição irlandesa descobriu, a norte dos Açores, um conjunto de enormes fontes hidrotermais, localizada a mais de 3.000 metros abaixo da superfície do mar, que até a data não tinha sido identificada. A descoberta vai ser emitida no canal televisivo da National Geographic.

A missão, liderada por Andy Wheeler da University College (Irlanda), regressou à cidade irlandesa de Cork no início de agosto, após uma investigação no mar profundo feita a mais de 3.000 metros abaixo da superficie, com recurso ao “Holland 1”, um veículo operado remotamente (ROV, sigla em inglês).

A equipa descobriu, na Dorsal Médio-Atlântica (uma cordilheira no meio do Atlântico que é fronteira de placas tectónicas) um conjunto de enorme fontes hidrotermais. Estas fontes cospem água do mar fervida pela lava dos vulcões e altamente rica em metais e minerais, albergando uma vida marinha extremamente rica que vive na total escuridão alimentando-se de bactérias e químicos, refere o comunicado da equipa.

Grandes quantidades de mexilhões cobrem estas chaminés, em associação com camarões, caranguejos e muitas outras espécies dependentes da comunidade quimiossintética, ou seja, seres que vivem na ausência de luz (ver slide show de fotos).

Bramley Murton do Centro Nacional Oceanográfico do Reino Unido, que também apoiou a missão, sublinhou a importância desta “maravilha da natureza” que só agora é descoberta apesar das “pessoas cruzarem estes oceanos há séculos”.

A investigação foi apoiada pelo Instituto Marítimo da Irlanda e pela National Geographic que levou uma equipa para filmar a missão. A descoberta será incluída numa série do canal televisivo da National Geographic intitulada “Alien Deep” e que vai estrear mundialmente em 2012.  

Outras fontes hidrotermais dos Açores

Nos Açores, na Crista Média do Atlântico, são já conhecidos extensos campos de fontes hidrotermais, existente nos fundos marinhos em torno do arquipélago. Estas formações, para além do seu interesse geomorfológico, são repositório de uma variedade de minérios e suporte de uma das zonas com maior biodiversidade da Terra, com a particularidade de conter ecossistemas que vivem sem luz solar.

Estão a ser desenvolvidos esforços no sentido de classificar estas zonas como áreas Marinhas Protegidas, ao abrigo da Convenção para a Proteção do Meio Marinho do Atlântico Nordeste. A organização não governamental WWF (World Wildlife Fund) reconhece esta ação, tendo atribuído aos Açores o galardão honorifico “Gift to the Earth”, pelo notável contributo para a conservação destes ecossistemas marinhos.

Veja, clicando no link acima, um slide show com as fotos das fontes, dos seres vivos que as habitam e do ROV que as fotografou e clique AQUI para ler o comunicado da equipa.

Créditos das imagens:
Fontes hidrotermais © VENTuRE mission
Close up dos animais © Patrick Collins – NUI Galway
ROV ©  Provision

[Notícia sugerida por Ana Guerreiro Pereira] 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório