Cultura

Descobertas 12 novas esfinges a sul do Cairo

Segundo um comunicado divulgado pelo Conselho Supremo de Antiguidades do Egipto, foram encontradas 12 novas esfinges na antiga avenida que unia os templos faraónicos de Luxor e Karnak, a 600 quilómetros do Cairo. As estátuas datam da época do último
Versão para impressão
[Fotografia: © Ian Sewell]

Segundo um comunicado divulgado pelo Conselho Supremo de Antiguidades do Egipto, foram encontradas 12 novas esfinges na antiga avenida que unia os templos faraónicos de Luxor e Karnak, a 600 quilómetros do Cairo. As estátuas datam da época do último rei da XXXª dinastia faraónica (343-380 a.C.).

A equipa de arqueólogos responsável pelas escavações descobriu ainda um novo caminho que une a avenida onde foram encontradas as estátuas ao rio Nilo. O percurso de pedra permitia a realização da procissão anual da imagem do deus Amon, desde o templo de Luxor, para encontrar-se com a imagem da mulher, Mut.

A secção arqueológica onde os trabalhos decorrem corresponde, na sua maioria, ao subsolo da cidade de Luxor, no sul do Egipto. Foram também reencontrados objetos que datam da época romana, nomeadamente uma prensa à óleo e peças de cerâmica, acrescenta o comunicado do Conselho Supremo de Antiguidades.

Os arqueólogos esperam poder restaurar toda a linha da avenida das esfinges, estátuas com cabeça humana ou de carneiro e corpo de leão.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório