Cultura

Descoberta de Tutankamon visitável na internet

A internet tem agora um espaço dedicado ao achado da tumba de Tutankamon, em 1922, pelo arqueológo inglês Howard Carter intitulado "Tutankhamun: Anatomy of an excavation" ( em português, Tutankamon: Anatomia de uma escavação), que disponibiliza ao pú
Versão para impressão
A internet tem agora um espaço dedicado ao achado da tumba de
Tutankamon, em 1922, pelo arqueológo inglês Howard Carter intitulado
“Tutankhamun: Anatomy of an excavation” ( em português, Tutankamon:
Anatomia de uma escavação), que disponibiliza ao público cerca de 5.398
objetos documentados.

A ideia partiu do Insituto Griffith, de Oxford, que decidiu 88 anos após esta descoberta, disponibilizar na internet todo o material que documenta os dez anos de investigação arqueológica desenvolvida por Carter e que pode agora ser consultado por todos os interessados.

“É impressionante, e não deve ser mais tolerado que mais de oitenta anos, milhares de artigos, centenas de livros e dezenas de exposições depois da descoberta do túmulo, este acontecimento famoso na história da arqueologia no Egito ainda não tenha sido totalmente publicado”, lê-se no site oficial que pretende agora colmatar esta “falha”.

De acordo com o jornal El País, estão disponíveis todas as fotografias originais de Harry Burton, o fotógrafo que acompanhou Carter nas escavações, e ainda fichas, notais e diagramas do próprio arqueólogo e egiptólogo inglês, com uma transcrição a facilitar a leitura.

Para explorar e aceder a toda a documentação de “Tutankhamun: Anatomy of an excavation” clique aqui.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub