Negócios e Empreendorismo

Défice da balança comercial portuguesa diminuiu

Dados divulgados pelo INE mostram que o défice da balança comercial portuguesa diminuiu quase dois mil milhões de euros entre Dezembro e Fevereiro passados.
Versão para impressão
Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram que o défice da balança comercial portuguesa diminuiu quase dois mil milhões de euros entre Dezembro e Fevereiro passados em resultado de um decréscimo de 6% nas importações e de um aumento de 10,2% nas exportações. 
 
A redução da diferença entre as saídas e entradas de bens no trimestre terminado em Fevereiro, face ao período homólogo de 2010/2011, traduziu-se num défice da balança comercial de 1.828,3 milhões de euros e numa taxa de cobertura de 78,5%, mais 11,5 pontos percentuais. 
 
Naquele trimestre, as exportações atingiram os 10,5 mil milhões de euros e as importações ficaram-se pelos 9,5 mil milhões de euros.
 
De acordo com o INE, no que respeita ao mercado intracomunitário, destaca-se um aumento das exportações de combustíveis minerais, em particular nos óleos de petróleo ou de minerais betuminosos e de outros produtos, como o ouro, para usos não monetários, sobretudo para o mercado belga.
 
Para a diminuição das importações observadas contribuiu, em especial, o menor número de entradas de automóveis de passageiros e de combustíveis minerais bem como de outros produtos provenientes da destilação dos alcatrões de hulha a alta temperatura.
 
Segundo a mesma fonte, dentro do mercado comunitário, as saídas de bens aumentaram 4% ao passo que as entradas sofreram um decréscimo de 12,6% nos meses em análise em comparação com igual trimestre de 2010/2011.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório