Lifestyle

De Matcha a fruta feia… o que se vai comer em 2015!

Ter uma alimentação saudável é uma das mais típicas e habituais resoluções de ano novo. E porque estamos na primeira semana de 2015 vamos ainda a tempo de escolher alguns alimentos e tendências alimentares para este ano.
Versão para impressão

Ter uma alimentação saudável é uma das mais típicas e habituais resoluções de ano novo. E porque estamos na primeira quinzena de 2015 vamos ainda a tempo de escolher alguns alimentos e tendências alimentares para este ano. Os mais curiosos e os que não tem receio de experimentar coisas novas, podem começar a apontar:
 
1. Matcha – Hum, como é? Os especialistas já dizem por aí que o Matcha vai ser um dos super alimentos do ano de 2015. O matcha é nada mais nada menos que o chá verde em pó ou moído, mas tem mais nutrientes e menos cafeína do que a versão “normal” que bebemos do chá verde. Dos muitos benefícios que este super alimento nos traz, destacamos alguns: desintoxica de uma forma natural, é um natural relaxante, fornece vitmamina C, selénio, crómio, zinco e magnésio e é rico em fibras.
 
2. Açúcar de coco – Açúcar, esse grande amigo do palato, mas o verdadeiro inimigo da nossa saúde! A propósito, o famoso chef inglês Jamie Oliver lançou recentemente uma “guerra” contra o açúcar, já que pretende que seja criado um imposto sobre este elemento.
Ora o açúcar de coco, é uma alternativa válida ao açúcar comum, mas com a vantagem de ter um baixo índice glicémico. É rico em potássio, zinco, ferro, vitamina B e permite aos mais gulosos, mais gula e menos culpa.
 
3. Bulgur – Mais um nome estranho, mas que só vem ajudar a nossa vida alimentar. O Bulgur é um tipo de trigo integral que requer uma cozedura mínima para ser consumido e é naturalmente referido como um possível substituto do arroz, um habitual hidrato de carbono presente na nossa alimentação. O bulgur tem menos calorias e mais nutrientes e fibras e pode ser uma boa opção para quem está em dieta, quer perder peso e quer uma alternativa aos hidratos.
 
4. Clorela – A clorela é uma pequena alga (de tamanho), mas é uma super alga, já que contém todos os nutrientes que necessitamos, como vitaminas, macro-minerais, ácidos gordos essenciais, entre outros. Dos seus principais benefícios destaca-se a ajuda que dá ao nosso cérebro e fígado, melhoria da digestão, regeneração e desintoxicação do corpo, fortalecimento do sistema imunitário… E podíamos continuar que a lista é longa e só com coisas boas para o nosso organismo. Podemos consumi-la em sopas, saladas ou sumos.
 
5. Fruta e vegetais “feios” – Não podemos dizer que as frutas e vegetais serão tendência para este ano, porque são “tendência” sempre. O que está aqui a mudar não é o seu conteúdo, mas antes a “forma”. Os consumidores já não procuram só a maçã redonda, vermelha, reluzente, mas sim os produtos frescos que sejam produzidos da forma mais natural possível, sem prejudicar a saúde (mesmo que o seu aspeto não seja perfeito. A este propósito, podem conhecer o projeto nacional Fruta Feia

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório