Cultura

Curta portuguesa vence em Locarno

Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt receberam este sábado, em Locarno (Suíça), o Leopardo de Ouro pela curta metragem "A History of Mutual Respect", anunciou a produtora. A curta, filmada no Brasil e em Portugal, já tinha vencido o prémio Media Recordi
Versão para impressão
Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt receberam este sábado, em Locarno (Suíça), o Leopardo de Ouro pela curta metragem “A History of Mutual Respect”, anunciou a produtora. A curta, filmada no Brasil e em Portugal, já tinha vencido o prémio Media Recording, para a melhor curta metragem portuguesa, no festival IndieLisboa deste ano.

O galardão entregue no âmbito da secção “Leopardo de Amanhã” tinha como júri o realizador argentino Lisandro Alonso (presidente), a produtora francesa Sylvie Pialat, a atriz francesa Nina Meurisse, o realizador português Miguel Gomes, e o realizador romeno Corneliu Porumboiu.

Em declarações ao Diário de Notícias, o realizador afirmou que, quando ele e Daniel Schmidt concorreram em Locarno não esperavam nenhuma vitória para o seu filme.

“Achávamos que o nosso filme era muito estranho, em especial para Locarno. O resto dos filmes em competição não tem nada a ver ´A History of Mutual Respect`. Depois, ao longo dos dias tivemos alguma esperança”, afirmou citado pelo DN.

“History of Mutual Respect” é filmado no urbanismo artificial de Brasília e também entre a imponência natural das cataratas de Iguaçu. É nesses cenários que se revela a natureza de dois rapazes de raça brança fascinados pela pureza da mestiçagem na pele de uma rapariga de Iguaçu. A história acaba perto da escravidão, num palacete lisboeta.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório