Mundo

Cuba vai facilitar criação de auto-emprego

Considerada como uma alternativa ao excesso de mão-de-obra no mercado, a criação de mais empregos por conta própria vai ser incentivada pelo Governo cubano, garantiu o presidente Raul Castro, durante a Assembleia Nacional.
Versão para impressão
Considerada como uma alternativa ao excesso de mão-de-obra no mercado, a criação de mais empregos por conta própria vai ser incentivada pelo Governo cubano, garantiu o presidente Raul Castro, durante a Assembleia Nacional.

“O Conselho de Ministros decidiu fomentar a criação do auto-emprego considerado, também, como uma alternativa para o excesso de mão-de-obra no mercado. Para isso, vamos eliminar um conjunto de proibições”, afirmou o chefe de estado cubano, citado pela Euronews.

O processo, que visa facilitar a atribuição de licenças e flexibilizar a contratação de mão-de-obra, começou a ser aplicado aos cabeleireiros e, mais tarde, dinamizou a concessão de licenças aos taxistas da capital.

Estas mudanças prometem alterar o rumo da ilha onde cerca de 90% da economia é controlada pelo Estado, sobretudo numa altura em que Cuba atravessa uma crise económica de dois anos que obrigou ao corte de importações, congelamento de contas cubanas de empresas estrangeiras na ilha e a suspensão de alguns pagamentos.

Assim o prova a abertura do mercado imobiliário a estrangeiros, já a partir de janeiro. Cuba vai iniciar negociações para a construção de 16 campos de golfe com capital externo, que incluiu a venda de casas a estrangeiros em algumas das zonas turísticas mais conhecidas da ilha, avançou a Euronews.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório