Ambiente

Crocodilo mais velho do mundo celebrou 114 anos

Henry, um dos crocodilos mais velhos do mundo, celebrou esta terça-feira o seu 114.º aniversário. O animal teve direito a uma festa, no Centro de Conservação Crocworld, em Scottsburgo, na África do Sul, com balões e um bolo para os seus simpatizantes
Versão para impressão
Henry, um dos crocodilos mais velhos do mundo, celebrou esta terça-feira o seu 114.º aniversário. O animal teve direito a uma festa, no Centro de Conservação Crocworld, em Scottsburgo, na África do Sul, com balões e um bolo para partilhar com os seus amigos.

O crocodilo, nascido em 1900, começou a sua vida no Botswana, na região de Okavango Delta, a lançar o terror junto de uma das tribos locais, como contou o diretor do centro, Martin Rodrigues, citado pelo site IBN.

O nome de Henry é uma homenagem a um caçador de elefantes Sir Henry, que os líderes da tribo contrataram para a captura do animal. Mas depois de uma consulta local, o grupo decidiu preservar a sua vida em cativeiro. Consta que Henry já devorou dezenas de seres humanos.

O animal, que durante os seus 114 anos de vida teve cerca de 7 mil crias, pesa cerca de 500 quilos, e tem quase 5 metros de comprimento.

De acordo com Martin Rodrigues, Henry passa os dias a apanhar sol na sua lagoa, no Crocworld, onde vive desde 1985, depois de ter sobrevivido a duas guerras mundiais e à independência do Botswana.

“Henry tem uma vida perfeita aqui no centro com as suas seis esposas”, conta o diretor do centro ao site eNCA.

Para celebrar a data, foi criada uma conta de Twitter para o animal, que já conta com 95 seguidores.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório