Saúde

Crianças que vivem com animais têm menos alergias

NULL
Versão para impressão

As crianças que convivem com animais de estimação são menos propensas a desenvolver alergias, segundo um estudo de uma equipa de investigadores norte-americanos publicado na edição de junho da revista Clinical and Experimental Alergy.

Coordenado por Ganesa Wegienka, do Departamento de Saúde Pública do Hospital Henry Ford o estudo d, , d,    reuniu os dados clínicos, incluindo o historial de alergias, de 566 crianças e dos seus pais que estiveram expostos à presença de animais domésticos. 

Quando as crianças completaram 18 anos, os cientistas analisaram amostras de sangue e os anticorpos presentes no sistema imunológico que lutam contra alergias de cães e gatos.

De acordo com o estudo, todas as crianças que cresceram em lares com gatos tinham menos 48 por cento de probabilidades de contraírem alergias. Em relação aos cães, as crianças do sexo masculino que crescem perto do amigo mais fiel do homem, têm menos 50 por cento de probabilidades de contraírem alergias.

Este número não se verifica para as meninas. Segundo suspeitam, as meninas não desenvolvem a mesma imunidade que os rapazes porque interagem de forma diferente com os cães.

Os cientistas suspeitam que esta resistência às alergias surge porque a exposição precoce a alergénios e bactérias relacionadas a animais domésticos fortalece o sistema imunológico. O corpo acabará por se habituar aos alergénios o que ajuda a criança a construir uma imunidade natural.
 

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório