Ambiente

Cria de hipopótamo-pigmeu nasceu no Zoo de Lisboa

A família de hipopótamos-pigmeus do Jardim Zoológico de Lisboa ganhou um novo membro: a pequena Lana, que está a encantar os tratadores e os visitantes.
Versão para impressão
A família de hipopótamos-pigmeus do Jardim Zoológico de Lisboa ganhou um novo membro, que está a encantar os tratadores e os visitantes. A pequena Lana é a segunda cria do casal reprodutor da espécie do parque zoológico, tendo a sua irmã sido transferida para o Faruk Yalcin Zoo, na Turquia, em 2011. 
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, o Zoo explica que “este nascimento representa uma evolução importante na espécie”, uma vez que se trata de uma espécie vulnerável, em especial devido à destruição do seu habitat e da caça ilegal.
 
As crias de hipopótamo-pigmeu são amamentadas até aos oito meses e atingem a maturidade sexual aos quatro/cinco anos de idade. O período de gestação é de 184 a 204 dias, após os quais nasce uma cria, excecionalmente duas, esclarece o Jardim Zoológico.
 
Os hipópotamos-pigmeus são em quase tudo idênticos aos hipopótamos, mas têm dimensões muito mais reduzidas: o peso médio destes animais varia entre os 160 kg e os 270 kg, ao passo que os hipopótamos pesam, por norma, cerca de 3200 kg. As patas são mais compridas, enquanto os quatro dedos são mais esguios e apresentam pequenas membranas interdigitais.
 
Além disso, são animais solitários e, quando se sentem em perigo, abandonam o interior da floresta – onde normalmente habitam – refugiam-se na água, sendo mais ativos durante a noite. 
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório