Negócios e Empreendorismo

Corticeira Amorim com o maior lucro de sempre

A Corticeira Amorim registou em 2011 aquele que diz ser o "melhor ano de sempre", quer em faturação como em resultados, obtendo um aumento de lucros de 23,1 por cento, revelou esta segunda-feira a empresa.
Versão para impressão
Lucros 23,1 por cento mais altos do que em 2010, equivalentes a 25,3 milhões de euros. A Corticeira Amorim anuncia que 2011 foi o “melhor ano de sempre”, tanto em faturação como em resultados.
 
No que diz respeito às vendas, a Corticeira atingiu os 494,8 milhões de euros no ano passado, o que significou um crescimento de 8,3 por cento em relação a 2010, tendo sido a unidade de negócios de rolhas a principal responsável pelos resultados, segundo o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.
 
Os resultados líquidos da empresa liderada por António Rios de Amorim subiram 23,1 por cento em comparação com 2010, fixando-se em 25,3 milhões de euros.
 
No campo dos revestimentos e aglomerados compósitos o crescimento de vendas “ficou ligeiramente abaixo da média” global da empresa, salientando, porém, que a secção de revestimentos verificou um aumento de 10 por cento, devido ao “novo conceito de pavimento flutuante LVT”.
 
Por seu lado, a área dos isolamentos foi a única a não crescer: “o aumento de vendas nos mercados do Médio e Extremo Oriente não foi suficiente para compensar a quebra sentida na segunda metade do ano”.
 
Os gastos operacionais da Corticeira Amorim subiram 6,2 por cento, “adversamente afetados pelo crescimento dos fornecimentos e serviços externos”, com “medidas de racionalização” a terem sido iniciadas para contrariar aumentos de combustíveis, eletricidade e transportes, sem que sejam explicadas quais.
 
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório