Negócios e Empreendorismo

Cortiça portuguesa esteve nos Grammy’s

As garrafas de vinho servidas na cerimónia de entrega dos prémios de música Grammy foram vedadas com cortiça natural da Corticeira Amorim. A empresa nacional garante ainda que todas as rolhas serão recicladas, graças ao programa ReCorck, que promove
Versão para impressão
As garrafas de vinho servidas na cerimónia de entrega dos prémios de música Grammy foram vedadas com cortiça natural da Corticeira Amorim. A empresa nacional garante ainda que todas as rolhas serão recicladas, graças ao programa ReCorck, que promove nos Estados Unidos.

“Escolher cortiça em detrimento de vedantes artificiais, metálicos ou derivados de petróleo, é uma pequena ação mas de grande impacto que os consumidores podem facilmente adotar, com benefícios claros para a saúde do nosso Planeta”, disse Allen Hershkowitz, cientista sénior do Natural Resources Defense Council, citado pela assessoria de imprensa da Corticeira Amorim.

“Saúdo os Grammy´s e outras iniciativas semelhantes que têm abraçado a causa da sustentabilidade, com programas específicos para preservar a biodiversidade e reduzir a sua pegada ecológica”, acrescentou o mentor desta iniciativa de apoio à cortiça portuguesa.

As rolhas resultantes do mais prestigiados evento da indústria musical, realizado este domingo, em Los Angeles, serão reencaminhadas para o programa de reciclagem ReCork (saiba mais aqui), que já ajudou a recolher mais de 14 milhões de rolhas apenas nos EUA.

A cortiça reciclada é posteriormente integrada nos produtos fabricados pela Sole, uma empresa especializada de calçado que conta, entre os seus clientes, com equipas da NBA e as Forças Especiais do Exército e da Marinha dos Estados Unidos.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub