Negócios e Empreendorismo

Cortiça: Portugal exportou 156 mil toneladas em 2010

NULL
Versão para impressão
A cortiça portuguesa continua a conquistar o mercado estrangeiro. Em 2010, Portugal exportou 156,2 mil toneladas de cortiça, no valor de 754,3 milhões de euros, o que representa um crescimento de 7,4 por cento relativamente ao ano anterior. Portugal é também o país com mais empresas corticeiras certificadas com 72% das empresas aprovadas.

Segundo a Associação Portuguesa de Cortiça (APCOR), citada pela agência Lusa, Portugal lidera a produção mundial de cortiça. No nosso país, produz-se 52 por cento das 300 mil toneladas produzidas anualmente a nível mundial.
Em 2010, Portugal exportou 156,2 mil toneladas de cortiça, no valor de 754,3 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 7,4 por cento, relativamente ao ano anterior.

 

Noventa por cento da cortiça transformada em Portugal destina-se à exportação. A indústria vínicola absorve dois terços da produção e 2,1 por cento das exportações nacionais são da responsabilidade deste sector.

França é o país que mais compra a Portugal, tendo representado 20,4 por cento do total de exportações, num total de 154,2 milhões de euros, no último ano. Já os Estados Unidos ocupam o segundo lugar da lista, tendo representado 15,8 por cento, num total de 119,2 milhões de euros.

Portugal é país com mais empresas corticeiras certificadas

Segundo informa o site da APCOR, é também líder em termos de empresas corticeiras certificadas pelo Systecode – Sistema de Certificação das Empresas mediante o Código Internacional das Práticas Rolheiras (CIPR), implementado há cerca de 10 anos.

Desde o início da implementação do CIPR, Portugal tem ocupado sempre a posição líder no número de empresas certificadas. Este ano, cerca de 72 por cento do total das empresas certificadas são portuguesas, Espanha ocupa o segundo lugar, com apenas 18 por cento do total, e França fica no terceiro lugar, com cinco por cento.

A campanha Systecode 2010 terminou em dezembro do ano passado e apresentou os seguintes números: a nível mundial, 385 empresas conseguiram obter resultado positivo nas auditorias que decorreram de setembro a dezembro, obtendo o atestado de conformidade ao CIPR.

Destas empresas certificadas, 278 são portuguesas, 68 espanholas, 18 francesas, 13 italianas, 5 estão em Marrocos, 2 na Tunísia e 1 na Alemanha.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório