Negócios e Empreendorismo

Cortiça: Exportações atingem 1.000 ME em 2015

Prevê-se que, em 2015, as exportações de cortiça atinjam os mil milhões de euros. Esta é uma estimativa feita pela Apcor, que anunciou esta segunda-feira um investimento de 7,3 milhões de euros numa campanha de promoção internacional deste material.
Versão para impressão
Prevê-se que, em 2015, as exportações de cortiça atinjam os mil milhões de euros. Esta é uma estimativa feita pela Associação Portuguesa de Cortiça (Apcor), que anunciou esta segunda-feira um investimento de 7,3 milhões de euros numa campanha de promoção internacional deste material.

Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a Associação afirma que “os objetivos estratégicos passam por manter e recuperar alguma quota das rolhas de cortiça nos mercado tradicionais, aumentar a quota nos mercados emergentes, aumentar a quota dos materiais de construção e decoração e posicionar a cortiça como o material de valor acrescentado, em alguns segmentos”.

No ano passado, as exportações da cortiça já rondaram os 850 milhões de euros, revelando um crescimento de 4% face a 2011. Sendo que, segundo a agência Lusa, entre os principais destinos da exportação nacional destacam-se países como França (20%), EUA (17%), Espanha (11%), Itália (10%) e Alemanha (9%).

Este é um investimento inserido no projeto de Promoção Internacional de Cortiça (InterCork II), pelo que 80% do financiamento fica a cargo do Programa Operacional Temático Fatores de Competitividade (COMPETE) e os restantes 20% são suportados pelos associados da Apcor.

Segundo o comunicado, o InterCork II vem no seguimento de uma campanha realizada anteriormente, e tem como principal objetivo dar continuidade aos mercados da Alemanha, EUA, Canadá, França, Itália e China, e de chegar a novos mercados como o Brasil e a Escandinávia.

Como referiu o presidente da Apcor, João Rui Ferreira, a participação no InterCork vai que a associação continue “a comunicar nos mercados internacionais”, sendo que consideram que a “comunicação é um pilar fundamental” para a atuação e um “fator chave para o reconhecimento da cortiça e das suas diferentes aplicações.”

Esta campanha vai apostar sobretudo na promoção de rolhas de cortiça e de materiais de construção, apresentando a cortiça junto dos consumidores e líderes de opinião como um material natural ecológico, com uma performance de qualidade e um design de inovação, capaz de dar resposta nas mais variadas aplicações.

Pode consultar o comunicado da Apcor AQUI.

Notícia sugerida por David Ferreira

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub