Cultura

Coro: Projeto Com Voz ou os seniores do rock

Nasceu em Lisboa um grupo coral de pessoas com mais de 60 anos que quer por toda a gente a 'abanar o capacete' com um reportório que vai desde os Xutos & Pontapés a António variações.
Versão para impressão
Nasceu em Lisboa um grupo coral de pessoas com mais de 60 anos que quer por toda a gente a ‘abanar o capacete’ com um reportório que vai desde os Xutos & Pontapés a António variações. Para crescer, o projeto precisa de 2.500 euros e está a pedir a contribuição de todos através de uma ação de ‘crowdfunding’.

por Patrícia Maia
 

Se pensa que o rock é coisa de juventude inquieta, pense outra vez. Maria José Gonçalves e Filipa Coelho, duas amigas amantes de música, inspiraram-se no projeto norte-americano Young@Heart para criar, em Outubro de 2013, um coro cujo reportório é composto exclusivamente por temas do rock nacional.

Este grupo de seniores ensaia, todas as quartas-feiras, no Centro Cultural Casapiano, em Belém. Acompanhado pela guitarra do maestro Pedro d’Orey, o coro interpreta músicas de bandas como Xutos & Pontapés, Humanos, Táxi e temas de António Variações, entre outros. Em breve, conta Filipa Coelho, o Projeto com Voz deverá “contar com uma banda composta por baixo, bateria e guitarra”.

 

Cabelos brancos também 'abanam o capacete’
 

O objetivo é “ir mais além do coro tradicional e quebrar os estereótipos associados ao mesmo, renovando a imagem do reformado ‘velhinho’, que não se identifica com a oferta atual de atividades dos centros de dia ou das paróquias”, sublinha a mesma fundadora do projeto, ao Boas Notícias.
 
E observando os testemunhos do vídeo da campanha de ‘crowdfunding’ podemos dizer que pelo menos esse objetivo já foi alcançado. Uma das participantes salienta, no vídeo, a “alegria” que sente por participar neste ‘coro do rock’, “apesar dos seus cabelos brancos”. Já a corista mais idosa do grupo incentiva toda a gente “a abanar o capacete”.
 
Neste momento, o coro conta com 23 elementos, com idades entre os 63 e os 82 anos, e tem também uma corista “não sénior”, de 49 anos, já que, diz Maria José Gonçalves, embora o Projeto Com Voz seja dirigido à população mais idosa, “a idade não será, obrigatoriamente, motivo de exclusão”. 
 

 
Grupo procura financiamento de 2.500 euros
 
A participação no projeto é totalmente gratuita e que não exige nenhuma experiência anterior. “O único requisito é gostar de música”, salienta Maria José. Apesar de não ter fins lucrativos, o grupo precisa de financiamento, para ajudar a pagar os honorários do maestro e também para gravar alguns dos temas em estúdio, em princípio já em Fevereiro. 
 
“Queremos fazer esta gravação para podermos fazer uma apresentação pública”, explica, até porque um dos objetivos, a curto prazo, “será realizar concertos ao vivo em vários pontos do país e eventualmente lá fora”. 
 
Quem quiser contribuir para esta iniciativa social (e sobretudo musical), basta aceder AQUI à página do Projeto Com Voz na plataforma de crowdfunding da PPL. Dependendo do contributo que for doado, quem ajudar a financiar o projeto pode receber, como forma de agradecimento, desde t-shirts a ‘downloads’ gratuitos das músicas do Projeto Com Voz.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub