Cultura

Coreia do Sul publica livro de Gonçalo M. Tavares

NULL
Versão para impressão
“Jerusalém”, do escritor português Gonçalo M. Tavares, terá a sua primeira tradução coreana já este mês, sob a chancela da editora Open Books, curiosamente instalada num museu desenhado pelo também português Álvaro Siza Vieira. 

Fundada há 25 anos, a editora é propriedade de Hong Ji-woong,  “um grande apreciador de arquitetura” que terá encomendado o Mimesis Art Museum a Siza Vieira, refere a SIC Notícias.

O espaço situa-se a cerca de 30 quilómetros do centro de Seul, na cidade de Paju, onde se concentram muitas editoras e tipografias sul-coreanas. 

A Open Books é especializada na divulgação de autores ocidentais. O seu catálogo inclui mais de mil títulos de centenas de escritores, desde Dostoievsky a Roberto Bolana. Gonçalo M. Tavares é o primeiro português a fazer parte desse lote.

“Jerusalém” foi distinguido, em 2005, com o Prémio Saramago. Quatro anos depois, a mesma obra foi nomeada para o Prix Cévennes, na categoria de melhor romance europeu.

Gonçalo M. Tavares nasceu em 1970 em Luanda. Publicou a sua primeira obra em 2001 e, desde então, já editou romances, contos, ensaio, poesia e teatro.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório