Mundo

Coreia do Norte: Carter resgata norte-americano

Aijalon Mahli Gomes, o norte-americano que foi libertado pela Coreia do Norte, chegou sexta-feira de avião a Boston acompanhado pelo ex-presidente e prémio Nobel da Paz Jimmy Carter, que conseguiu sua liberação em uma missão particular a Pyongyang.
Versão para impressão
[Fotografia © EPA]

Aijalon Mahli Gomes, o norte-americano que foi libertado pela Coreia do Norte, chegou sexta-feira de avião a Boston acompanhado pelo ex-presidente e prémio Nobel da Paz Jimmy Carter, que conseguiu a sua liberação numa missão particular a Pyongyang, notícia a agência EFE.

Carter saiu esta sexta-feira de Pyongyang com Aijalon Mahli Gomes, um norte-americano de 30 anos. Gomes foi criado em Boston e trabalhava como professor de inglês na Coreia do Sul. Em janeiro foi detido pelas autoridades norte-coreanas e condenado a oito anos de trabalhos forçados e a uma multa de 600 mil dólares por cruzar ilegalmente a fronteira da China com a Coreia do Norte.

O Centro Carter, que ressaltou que a missão teve caráter privado e não foi apoiada pelo Governo dos Estados Unidos, comunicou esta semana que, a pedido do ex-líder e por razões humanitárias, o líder norte-coreano, Kim Jong-il, concedeu a amnistia a Gomes.
 
A agência oficial norte-coreana KCNA assinalou que a libertação aconteceu por razões humanitárias e depois de Carter apresentar um pedido de desculpas pela entrada ilegal do cidadão no país.

Carter tem grande experiência em negociar com a Coreia do Norte. Em 1994 visitou Pyongyang e conseguiu que o então líder norte-coreano Kim Il Sung se sentasse para negociar com os Estados Unidos em conversas de alto nível sem precedentes que levaram a um acordo de desarmamento nuclear.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório