Em Destaque Sociedade

Conduzir com chuva? Atenção ao aquaplaning

Em caso de aquaplaning: retire o pé do acelerador, mantenha o volante e a direção estável e se possível não trave
Versão para impressão
por redação

 

Num estudo realizado pela Continental Pneus Portugal no âmbito do projeto Visão Zero e que pretendia descrever as atitudes e a perceção dos condutores relativamente à segurança rodoviária, 57% dos inquiridos revela um maior nível de preocupação com a segurança rodoviária quando está as condições meteorológicas são adversas, nomeadamente quando está a chover.

Mesmo com pneus novos e em bom estado, os condutores deve sempre reduzir a velocidade em piso molhado de forma a diminuir o risco de aquaplaning. Se entrar em aquaplaning, os condutores devem retirar imediatamente o pé do acelerador e diminuir a velocidade. Devem evitar “virar” o volante e travar. Contudo se existir a ameaça de um acidente, devem iniciar a travagem de emergência – na maioria dos casos os pneus traseiros mantêm aderência suficiente para abrandar o veículo. Logo que possível deve retomar-se a circulação a uma velocidade reduzida.

Segundo Pedro Teixeira, Diretor Geral da Continental Pneus em Portugal, “tendo em conta que estamos na época das chuvas nunca é demais relembrar os condutores da importância de verificar regularmente o estado dos pneus e sempre que a profundidade do piso for inferior a 3mm proceder à sua substituição com a maior brevidade. Os pneus são o único ponto de contacto do veículo com o solo e como tal desempenham um papel fundamental na segurança rodoviária”, referiu.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório