Inovação e Tecnologia

Computador ultra pequeno e barato já está no mercado

O computador Raspberry Pi quer revolucionar o mundo da informática -sobretudo o modo como os jovens apreendem este conceito - e combater a infoexclusão oferecendo um produto que custa apenas 38 euros (taxas de envio incluídas).
Versão para impressão
O computador Raspberry Pi quer revolucionar o mundo da informática – sobretudo o modo como os jovens lidam com os computadores e a programação – pondo à disposição de todos um produto que custa apenas 38 euros (taxas de envio incluídas). 
 
Após alguns contratempos de última hora, que atrasaram a entrega dos primeiros exemplares, o Raspberry Pi [“Raspberry” significa “framboesa” em inglês, e “pi” remete para a palavra “tarte”] começou, no início de Abril, a chegar aos seus primeiros utilizadores. 
 
À primeira vista não parece um computador. De facto, o Raspberry Pi é um pequeno circuito, do tamanho da palma da mão, que integra um processador, um espaço para um cartão SD (ou seja, o disco rígido) e ainda uma entrada USB e pode ter ou não entrada Ethernet conforme o modelo adquirido (o modelo com Ethernet é o que está neste momento a ser vendido e custa 38 euros). Terá, por isso, que ser ligado a um ecrã e a um teclado para funcionar.
 
Concebido pelo programador britânico David Braben com o apoio da Universidade de Cambridge, o Raspberry Pi recorre a um processador Arm semelhante ao que é usado nos smartphones e funciona com um sistema operativo da Linux em formato 'open source'.

Ao reduzir os seus componentes ao mínimo, o Raspberry Pi PC conseguiu chegar ao impressionante peso de apenas 45g, o peso de um telemóvel, capaz de fazer corar qualquer outro modelo da “passerelle”.

 
O computador foi posto em pré-venda, no site oficial, já em Março e em poucos dias os exemplares disponíveis ficaram esgotados. No entanto, a entrega dos primeiros modelos acabou por ser adiada, primeiro devido a um problema com o método de soldagem de um dos componentes e depois devido ao atraso na aquisição do logo de validação da UE.
 
Segundo explicam os responsáveis pelo projeto no site oficial, o principal objetivo deste PC 'low cost' é incentivar os mais novos a contactar com a programação informática desde cedo.

O sistema pode ser comprado nas distribuidoras oficiais Allied Electronics, AQUI, na Premier Farneel, AQUI ou na RS Components, AQUI. Para aceder à página oficial do Raspberry Pi, onde pode fazer download dos sistemas operativos e aplicações, clique AQUI.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório