Ambiente

Comissão quer menos sacos de plástico na Europa

A Comissão Europeia aprovou, esta segunda-feira, uma diretiva que obriga os Estados-Membros a aplicar medidas para reduzir o consumo de sacos de plástico de utilização única. Portugal está entre os sete países que mais sacos consome per capita.
Versão para impressão
A Comissão Europeia aprovou, esta segunda-feira, uma diretiva que obriga os Estados-Membros a aplicar medidas para reduzir o consumo de sacos de plástico de utilização única. Portugal está entre os sete países que mais sacos consome per capita.
 
“Estamos a tomar medidas para resolver um problema ambiental muito grave e com grande visibilidade”, explica Jane PotoÄnik, comissário responsável pelo Ambiente, num comunicado oficial. “Todos os anos, mais de 8 mil milhões de sacos de plástico vão para o lixo na Europa, provocando elevados danos ambientais.”
 
De acordo com o mesmo comunicado, os Estados-Membros podem escolher as medidas que considerem mais adequadas à sua situação, como a “aplicação de taxas, o estabelecimento de metas nacionais de redução ou uma proibição, sob certas condições.”
 
Segundo o comissário, alguns Estados-Membros já alcançaram grandes resultados na  redução do uso de sacos plásticos. Se todos seguissem esse exemplo, “poderíamos reduzir a atual utilização global na União Europeia (UE) até 80%”, conclui Jane PotoÄnik. 
 
A proposta desta diretiva surge no seguimento de várias medidas adotadas pelos Estados-Membros, a título individual, e dos apelos efetuados pelos Ministros do Ambiente da UE para que a comissão aplicasse medidas para toda a UE, revela o comunicado. 
 
De facto, os sacos de plástico leves, que são muitas vezes utilizados apenas uma vez, podem permanecer no ambiente durante centenas de anos. Estes “acumulam-se no meio ambiente, principalmente sob a forma de lixo marinho, representando uma ameaça para ecossistemas marinhos e para os animais, designadamente os peixes e as aves.”

Portugal está entre os sete países que mais sacos consome per capita. Por ano, cada português usa 466 sacos de plástico, mais do que um por dia, enquanto os dinamarqueses e os finlandeses não ultrapassam os quatro sacos anuais, por habitante.
 
Clique AQUI para ler o comunicado da Comissão Europeia. 

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub