Sociedade

Comerciantes de Guimarães aprendem inglês

Guimarães será a capital europeia da cultura em 2012. À luz desse acontecimento, os comerciantes não só querem servir bem, como também esperam poder partilhar com os turistas os segredos do património e da gastronomia vimaranense. Para isso estão a t
Versão para impressão
Guimarães será a Capital Europeia da Cultura em 2012. À luz desse acontecimento, os comerciantes não só querem servir bem, como também esperam poder partilhar com os turistas os segredos do património e da gastronomia vimaranense. Para isso estão a ter aulas de inglês, numa iniciativa conjunta da autarquia com a APORT.

Aquela que é considerada a cidade berço de Portugal já recebe, anualmente, milhares de visitantes. Contudo, espera-se um fluxo muito superior em 2012 e assim chegam aos serviços de turismo da autarquia inúmeros pedidos de formação em atendimento a hóspedes, elaboração de ementas e, naturalmente, línguas.

O inglês, como uma das línguas mais faladas pelos turistas de todo o mundo, tem óbvio destaque, até porque muitos dos comerciantes pouco ou nenhum contacto têm com essa forma de expressão.

“Muitos têm bases da escola, sabem o aeiou e os números, mas outros nunca tiveram inglês, nunca tiveram qualquer contacto com a língua inglesa, apenas com os turistas que recebem – e aí bloqueiam e é-lhes muito difícil ajudar o turista”, explica Diana Gonçalves, formadora do curso de inglês para restauração, em entrevista à RTP. 

Os comerciantes de Guimarães vão, por isso, receber uma formação de 25 horas no total, para aprender a descrever receitas, definir o sabor dos vinhos, explicar a confeção de doces e dar informações de endereços.

Será certamente uma mais-valia, especialmente numa altura em que os turistas estão cada vez mais exigentes, querem envolver-se mais intensamente na tradição dos sítios que visitam e, com a expansão das companhias aéreas low-cost, viajam pelo mundo durante todo o ano e não apenas no verão, como era habitual.

“A sazonalidade do verão está a passar; ou seja, começámos a ter fluxos turísticos contínuos e constantes ao longo do ano”, frisou à RTP Amadeu Portilha, vereador do Turismo da Câmara de Guimarães.

A formação, contudo, não se fica pelo inglês. Espanhol e italiano serão também ensinadas a comerciantes e empresários da cidade de Guimarães.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório