Inovação e Tecnologia

‘Come facciamo’ para reconstruir Áquila

Uma viagem virtual no tempo para redescobrir a beleza da cidade de Áquila ou um itinerário para redescobrir os monumentos danificados pelo  terremoto que atingiu a cidade italiana a 6 de abril, na região de Abbruzzo. É o que propõe o sitío na in
Versão para impressão
Uma viagem virtual no tempo para redescobrir a beleza da cidade de Áquila ou um itinerário para redescobrir os monumentos danificados pelo  terremoto que atingiu a cidade italiana a 6 de abril, na região de Abbruzzo. É o que propõe o sítio na internet “Come Facciamo”.

O site foi criado por um arquiteto inglês Barnaby Gunning, especialista em 3D na internet,  casado com uma natural da cidade de Áquila.  Confrontado inúmeras vezes depois da tragédia com o pergunta “Come facciamo?” – como fazer? – para reconstruir uma cidade com as caraterísticas únicas de Áquila, Gunnig criou uma resposta possível e um passo importante para a reconstrução da memória histórica do passado, do presente e do futuro da cidade italiana.

Para contribuir para esta resposta os habitantes de Áquila, os italianos e turistas que tenham fotografias da cidade antes e depois do terremoto são convidados a disponibilizá-las no site, para que, a partir de algumas das ferramentas disponibilizadas pela Google,  se parta para a representação de Áquila de forma fiel ao que foi, ao que é e como se pretende que fique depois da reconstrução.

Gunning espera assim que este instrumento seja utilizado pelos arquitetos e entidades envolvidas na reconstrução desta cidade com sete séculos de história e pela população em geral de modo a permitir também recuperar a arquitetura original de Áquila. 

Image and video hosting by TinyPic
“Ligar o mundo real com o virtual é a melhor forma de pôr o destino da cidade de volta às mãos dos seus habitantes”, defendeu Barnaby num artigo publicado no Wall Street Journal.

Acrescentou ainda que é preciso apressar a reconstrução da cidade para que não se corra o risco de a cidade perder a vida que a caracterizava antes do terremoto.

Google Maps, Google Building Maker e Sketchup são algumas das ferramentas que vão permitir a reconstrução virtual e acompanhar os desenvolvimentos dos trabalhos na cidade italiana.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório