Saúde

Coimbra: nova unidade assiste vítimas de enfarte

Dotada com sete camas e com os "equipamentos mais modernos", a Unidade de Cuidados Intensivos Coronários (UCIC) foi inaugurada, na passada sexta-feira, no Hospital Geral do Centro Hospital de Coimbra (CHC) e vai permitir uma melhor cicrulação de doen
Versão para impressão
Dotada com sete camas e com os “equipamentos mais modernos”, a Unidade de Cuidados Intensivos Coronários (UCIC) foi inaugurada, na passada sexta-feira, no Hospital Geral do Centro Hospital de Coimbra (CHC) e vai permitir uma melhor cicrulação de doentes vítimas de enfarte naquela região.

“O que fizemos foi criar as condições ideais, quer em termos físicos quer de monitorização, para podermos vigiar os doentes”, explicou ao Jornal de Notícias o diretor do Serviço de Cardiologia do CHC, Leitão Marques.

A unidade dispõe, aliás, de uma central destinada à vigilância permanente de 16 doentes pela mesma equipa de profissionais.

Presente na cerimónia de inauguração da UCIC, a ministra da Saúde Ana Jorge acredita que a implementação de novos sistemas de diagnóstico, como é o caso da eletrocardiografia digital, representam “muitas oportunidades para melhorar os cuidados [de saúde]”. “Não é por acaso que a Saúde o ano passado ganhou um prémio Simplex”, acrescentou a ministra.

Em declarações ao Jornal de Notícias, Ana Jorge avançou ainda algumas informações acerca do funcionamento de outra unidade, nomeadamente o primeiro hospital pediátrico construído de raiz em Portugal, ainda por inaugurar: “Estamos neste momento a fazer a aquisição do material, que está a chegar diariamente. Estão a fazer testes, a verificar se todos os circuitos e equipamentos funcionam”.

A ministra reconhece que a inauguração da unidade pediátrica “está muito atrasada”, mas espera que possa entrar em funcionamento já no verão.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório