Ambiente

Cogumelos ajudam a decompor fraldas descartáveis

Os cogumelos reduzem o longo período de decomposição das fraldas descartáveis, cuja difícil eliminação é um problema para a sociedade moderna, de acordo com uma descoberta de investigadores da Universidade Metropolitana da Cidade do México.
Versão para impressão
Os cogumelos reduzem o longo período de decomposição das fraldas descartáveis, cuja difícil eliminação é um problema para a sociedade moderna, de acordo com uma descoberta de investigadores da Universidade Metropolitana da Cidade do México.
 
Por norma, a decomposição pode demorar séculos e, para tentar combater esta realidade, a equipa de Alethia Vázquez-Morillas testou uma nova hipótese com resultados surpreendentes publicados na revista científica Waste Management.
 
De acordo com o portal Tree Hugger, os cientistas cultivaram nas fraldas depositadas em aterros sanitários uma espécie particular de cogumelos (os chamados “cogumelos-ostra”) e observaram que estes conseguiram destruir em 90% o material das fraldas em apenas dois meses. Após quatro meses, as fraldas encontravam-se decompostas por completo.
 
A explicação para esta ação está no facto de os cogumelos utilizados na experiência se alimentarem de celulose, o material principal na composição das fraldas descartáveis.
 
Embora a possibilidade gere algumas controvérsias, a coordenadora da investigação defende ainda que estes cogumelos são comestíveis, limpos e seguros independentemente de terem sido utilizados no processo em questão. 
 
O cultivo desta espécie de cogumelos em fraldas descartáveis poderá, então, vir a assumir-se como uma alternativa para o problema, diminuindo drasticamente o seu tempo de decomposição em benefício do ambiente.

[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório