Espetáculos e Exposições

Cláudia Aurora, uma fadista à conquista Reino Unido

NULL
Versão para impressão
A portuguesa Cláudia Aurora emigrou há dez anos com o objetivo de ganhar dinheiro na apanha de narcisos, na Escócia e Inglaterra, para frequentar um curso de canto no Porto. Entretanto, descobriu o gosto pelo fado e este mês vai lançar, no Reino Unido, o seu álbum de estreia: “Silêncio”.

Foi fora de Portugal que Cláudia Aurora descobriu o gosto por cantar fado. Em 2001, juntamente com um grupo de amigos, partiu para o Reino Unido para ganhar dinheiro.

Mais tarde, em 2003, mudou-se para o sul de Inglaterra e instalou-se em Bristol juntamente com o seu namorado inglês. Naquela cidade, para além de se aventurar nas suas primeiras atuações em bares, onde cantou música brasileira, também deu aulas de samba.

As raízes e influências musicais de Cláudia Aurora começaram a sobressair nas suas atuações onde a fadista “combina o passado e o presente com um gosto pelo futuro”, pode ler-se no site oficial da artista.

Influências do rock, bossa nova e fado

As suas influências passam por Bruce Springsteen, Led Zeppelin, Neil Young e ainda Janis Joplin, sendo que foi com uma canção desta última que a fadista se apercebeu que podia cantar. A bossa nova é outro dos pilares que Claúdia tem no seu percurso musical, com cantores como Elis Regina, Maria Bethania, Chico Buarque, Vinicius de Morais e Milton Nascimento.

Mais tarde, na evolução do seu percurso emocional, deu por si a cantar músicas que a sua avó cantava. Cláudia Aurora diz “que o seu destino é cantar” e assume a sua maior inspiração nos cantores portugueses como Zeca Afonso, Dulce Pontes e Amália Rodrigues.

Agora, a portuense vai lançar a 31 de outubro, no Reino Unido, o seu álbum de estreia “Silêncio”. Todas as canções foram escritas e produzidas em Inglaterra.

O lançamento do álbum é acompanhado de uma tournée com seis datas de concertos ao vivo. O primeiro é a 2 de novembro, no London International Festival Exploratory Music, em Kings Place, Londres.

Bridlington recebe a cantora no dia 5 de novembro, no Musicport World Music Festival, seguindo-se o Hawth Theatre, em Crawley no dia 12. Mais tarde, será a vez de Cláudia Aurora atuar no Colchester Arts Centre, em Colchester (dia 18), no Diss Corn Hall, em Norfolk (dia 19). A tourneé encerra em Bristol, no Folk House, a 25 de novembro.

Clique AQUI para aceder ao site de Cláudia Aurora e ouvir algumas das suas músicas.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório