Cultura

Cinema português em retrospetiva no Festival de Brive

A cidade de Brive-la-Gaillarde, em França, vai receber, de 10 a 15 de abril, um festival único dedicado às médias-metragens. Um dos destaques desta edição do Festival de Cinema de Brive é uma retrospetiva das mais jovens gerações de cineastas lusos.
Versão para impressão

A cidade de Brive-la-Gaillarde, em França, vai receber, de 10 a 15 de Abril, um festival único dedicado às médias-metragens. Um dos destaques desta nona edição do Festival de Cinema de Brive é uma retrospetiva daquilo que as mais jovens gerações de cineastas têm feito em Portugal.

Vão ser dez os filmes incluídos na retrospetiva de cinema português do festival de cinema, entre os quais “31” e “Entretanto” de Miguel Gomes, “Voodoo” de Sandro Aguilar e “Respirar debaixo d`água” de António Ferreira.

“O festival prossegue a sua exploração da jovem geração de cineastas europeus (depois da Roménia, Alemanha, Polónia e Europa do norte) e propõe uma resposta à homenagem prestada a Manoel de Oliveira em 2011”, escreve a organização do evento, acrescentando que se trata de demonstrar a construção do cinema português à “sombra do centenário Oliveira”.

A programação é efetuada em parceria com o festival Curtas de Vila do Conde, sendo ainda um momento de “criar uma ligação à cidade de Guimarães”, geminada de Brive-la-Gaillarde, de modo a “inscrever esta ligação” na programação da Capital Europeia da Cultura, explicam os organizadores.

Para além dos filmes de Gomes, Aguilar e Ferreira, o festival vai exibir “Canção de amor e Saúde” de João Nicolau, “Um dia frio” de Cláudia Varejão, “A casa esquecida” de Teresa Garcia, “Angst” de Graça Castanheira, “Acordar” de Tiago Guedes e Frederico Serra e “Nuvem” de Basil da Cunha.

Para além da presença em Brive, a Agência da Curta Metragem colaborou com o Festival Séquence Court-métrage para preparar um programa de curtas nacionais a exibir no Festival Rio Loco, em Toulouse, dedicado, este ano, à lusofonia.

Da mesma maneira, vai ser feita uma mostra de cinema português contemporâneo no Brasil, com a exibição de sete das curtas mais representativas dos últimos 10 anos, bem como longas-metragens, tendo lugar no Rio de Janeiro e em São Paulo entre Junho e Julho.

Pode aceder ao site oficial do festival AQUI.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub