Cultura

Cinema: 6,6 milhões de euros para investir

A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas anunciou que o Governo vai disponibilizar, até ao final de junho, 6,6 milhões de euros para o Fundo de Investimento para o Cinema e Audiovisual (FICA).
Versão para impressão
A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas anunciou que o Governo vai disponibilizar, até ao final de junho, 6,6 milhões de euros para o Fundo de Investimento para o Cinema e Audiovisual (FICA). O montante é proveniente do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

 “Acredito que até ao final do primeiro semestre o FICA poderá iniciar o cumprimento dos compromissos assumidos, e o Estado poderá realizar a concretização de capital no montante de 6,6 milhões de euros”, afirma a ministra da Cultura Gabriela Canavilhas, citada pela agência Lusa, numa declaração enviada aos Estados Gerais do Cinema que decorrem em Lisboa.

A ministra defendeu ainda que o “fomento à produção nacional deve ser complementado por uma estratégia integrada de apoio à distribuição e exibição de obras independentes e de cinematografias menos difundidas”.

Profissionais do cinema criticam financiamento

Desde que entrou em funcionamento, em 2007, o FICA tem criado cisões e confrontos profundos entre produtores e realizadores de cinema e o Ministério da Cultura. Três mil pessoas assinaram já um Manifesto pelo Cinema Português (a primeira assinatura é do realizador Manoel de Oliveira) alertando para uma “catástrofe iminente” do cinema português.

Esta quarta-feira, num debate do festival de cinema Indie, realizadores, produtores e distribuidores criticaram as fontes de financiamento do cinema, sobretudo o funcionamento do Fundo de Investimento para o Cinema e Audiovisual (FICA) e as contribuições das estações de televisão públicas e privadas para a produção cinematográfica.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório