Ciência

Cientistas transformam micróbios em arte

Se deixarmos comida ao ar livre, em pouco tempo será invadida por micróbios que darão aos alimentos estranhas formas e cores. É sinal de que a comida se estragou e deve ser deitada para o lixo. Mas um grupo de cientistas/artistas começou a explorar e
Versão para impressão
Se deixarmos comida ao ar livre, em pouco tempo será invadida por micróbios que darão aos alimentos estranhas formas e cores. É sinal de que a comida se estragou e deve ser deitada para o lixo. Mas um grupo de cientistas/artistas começou a explorar esse mesmo processo para criar pequenas obras de arte a partir de micróbios.

Ao pincelar determinadas bactérias numa cultura de placas de Petri [um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro ou plástico que os biólogos utilizam para a cultura de micróbios], os cientistas/artistas conseguem criar padrões e linhas coloridas, tanto figurativas como abstractas.


Normalmente, o microbiologista Niall Hamilton recolhe os seus micróbios de frinchas de janelas ou dos ralos dos lavatórios, e depois usa um pedaço de metal esterilizado para fazer as pinceladas. “É original e interessante porque nunca controlamos completamente o resultado final”, explica ao portal Science Photo.

A geneticista Hunter Cole produz desenhos vivos a partir de bactérias com luz própria. Hunter fotografa os desenhos durante cerca de duas semanas, enquanto as bactérias vão mudando de forma e perdendo a luz, até morrerem.

Uma vez que estas bactérias podem causar doenças perigosas, a arte com micróbios não deve ser experimentada em casa. “Há muitos micróbios patogénicos e o material que usamos tem de ser devidamente tratado e disposto no lixo” afirma Hamilton.

Visite o site Microbial Art para conhecer melhor o trabalho destes cientistas que também produzem obras de arte.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório