Ciência

Cientistas descodificam cérebro durante os sonhos

NULL
Versão para impressão
Cientistas alemães acreditam ter descoberto a razão pela qual os sonhos podem parecer tão reais. Segundo uma investigação publicada esta semana na revista Current Biology, os sonhos ativam as mesmas áreas do cérebro que usamos quando estamos acordados.

A pesquisa mostrou, por exemplo, que a área do cérebro que controla a coordenação motora é acionada quando os voluntários sonham que mexem as mãos. A descoberta foi feita por investigadores do instituto Max Planck em parceria com o hospital Charité, de Berlim.

Embora as técnicas de ressonância magnética já sejam bastante avançadas para medir a atividade cerebral, até agora era impossível realizar esse tipo de medição nos sonhos.

De acordo com os investigadores, a grande dificuldade de estudar o cérebro enquanto dormimos é o fato dos sonhos serem incontroláveis para a maioria das pessoas. Os cientistas contornaram esse obstáculo com a ajuda de voluntários capazes de ter “sonhos lúcidos”: pessoas que conseguem ter consciência de que estão a sonhar e que controlam o conteúdo dos sonhos.

Os voluntários dormiram dentro de ressonâncias magnéticas e receberam instruções específicas: assim que percebessem estar dentro de um sonho deveriam sonhar que estavam a fechar a mão direita, durante dez segundos, e depois a esquerda, durante o mesmo tempo.

Com essas informações, os pesquisadores conseguiram detectar qual o início da fase lúcida do sonho e as áreas do cérebro que estavam envolvidas nas tarefas que os voluntários estavam a realizar enquanto sonhavam.
 
Clique AQUI para aceder ao resumo do estudo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório