Saúde

Cientista desenvolve gel que acelera cicatrização

Inspirado pela estrutura química do mel, o cientista britânico Paul Davis, proprietário da empresa Archimed e um dos responsáveis pela invenção do teste da gravidez, desenvolveu um novo tipo de adesivo curat
Versão para impressão
Inspirado pela estrutura química do mel, o cientista britânico Paul Davis, proprietário da empresa Archimed e um dos responsáveis pela invenção do teste da gravidez, desenvolveu um novo tipo de adesivo curativo que acelera drasticamente o processo de cicatrização, avança a BBC.

Para casos como o do paciente Leonard Halsted, que ficou meses com uma ferida aberta na perna após uma operação para retirar um tumor, a diferença pode ser crucial. Em poucas semanas, com o novo penso, a ferida de Halsted começou a cicatrizar.

“A cura foi quase milagrosa, a velocidade com que agiu, como ela diminuiu, inclusive a dor, em questão de dias. Em uma ou duas semanas, estava cicatrizada”, disse Halstead.

Baseando-se na estrutura molecular do mel, Paul Davis combinou iodo e oxigénio em duas camadas de gel que interagem lentamente. O cientista afirma que isso proporciona uma dupla ação, já que o iodo mata bactérias e o oxigénio e estimula os glóbulos brancos do sangue que também matam bactérias, reforçando as defesas naturais do corpo.

Só a Grã-Bretanha gasta 4% do orçamento de saúde, ou seja, o equivalente a mais de 5 mil milhões de dólares por ano, no tratamento de feridas que não cicatrizam. Alguns pacientes chegam a passar anos a tratar a mesma ferida, com casos de até 20 anos.

O novo curativo é mais caro do que o convencional, mas Paul Davis acredita que, se for adoptado, os sistemas de saúde pública podem poupar muito a longo prazo.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub