Ambiente

China: Campanha quer acabar com a morte de tubarões

NULL
Versão para impressão

Na China, uma campanha pretende acabar com a matança de tubarões para fins como a alimentação. As barbatanas destes animais são utilizadas numa sopa tradicional chinesa e têm um custo muito elevado.

Em Pequim, uma exposição sensibiliza os seus visitantes, mostrando como é feita a extração das barbatanas. Estas são cortadas dos tubarões, ainda vivos, secadas e vendidas para restaurantes.

Os peixes são devolvidos ao mar, sem barbatana, e sangram até à morte, apesar de muitos acreditarem na sua sobrevivência.

A sopa de barbatana de tubarão, considerada com propriedades afrodisíacas, é extremamente cara, tendo-se transformado num símbolo de status na China – apesar da falta de gosto e valor nutritivo da barbatana.

Segundo a organização internacional WildAid, dezenas de milhões de tubarões são mortos por ano para a produção desta sopa.
 
“Esta exposição mostra a ligação entre o prato que está na sua mesa e a sua origem, um belo animal cuja população está em declínio”, disse à BBC a ativista Lei Chen Wong.

Nesta campanha, participa ainda o mais famoso atleta chinês, o ex-jogador de basquete Yao Ming.

A mensagem é simples: “Quando pararem de comprar, a morte de tubarões pode parar também”, diz Ming num anúncio.

Clique AQUI para aceder ao site oficial da campanha.

 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório