Negócios e Empreendorismo

Cereja do Fundão chega ao mercado francês

Em 2014 a cereja do Fundão vai chegar ao mercado francês pelas mãos de Vítor Mariano, um empresário português que há mais de 30 anos dá a conhecer os melhores produtos portugueses em Paris.
Versão para impressão
Em 2014 a cereja do Fundão vai chegar ao mercado francês pelas mãos de Vítor Mariano, um empresário português que há mais de 30 anos dá a conhecer os melhores produtos portugueses em Paris.
 
O presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes, oficializou o protocolo na passada sexta-feira, em nome do clube de produtores que vai assegurar as condições para exportar da principal zona de produção de cereja portuguesa para o mercado francês na próxima campanha, em 2014.
 
Natural da Covilhã, Vítor Mariano faz dos produtos portugueses o seu negócio há já três décadas. Em 2012 contou com uma faturação de 17 milhões de euros e mais de 500 camiões de mercadoria transportada de Portugal.
 
A cereja do Fundão será a próxima aposta em Paris, que começou com uma ação de promoção que deu a provar a cereja aos parisienses, na passada sexta-feira. 
 
Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara do Fundão explicou que a cereja do Fundão está já a ser exportada “para os países nórdicos e médio oriente e a tentar conquistar o mercado do extremo oriente”.

“Consideramos que devíamos encontrar na comunidade de empresários desta região de Paris, ou seja, ver na nossa comunidade emigrante, quem é que poderia ser uma primeira linha de parceria para encontrarmos modelos para nos próximos anos termos aqui canais para a cereja”, referiu. 
 

Os produtores do Fundão acreditam no potencial do fruto desta zona, porque surge “muito cedo, numa época do ano em que na Europa não há mais ninguém a ter cereja”, abrindo assim uma “oportunidade extraordinária” para entrar no mercado francês, como está a entrar na Finlândia ou na Dinamarca”.

Vítor Fernandes leva já centenas de produtos portugueses (desde vinho, azeite, queijos, bacalhau, azeitonas e agora cereja) a mais de mil lojas espalhadas por toda a França. Prepara-se agora para conquistar novos mercados a partir de uma central de compras em Ílhavo (Aveiro), onde já investiu um milhão de euros.

Notícia sugerida por Elsa Fonseca

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub