Saúde

Centros de saúde iniciam rastreio contra obesidade

Os centros de saúde vão começar já este ano a rastrear o excesso de peso e obesidade na população adulta em Portugal. A medida foi aprovada na reunião do Conselho Cientifico da Plataforma Contra a Obesidade, organismo ligado à da Direcção Geral de Sa
Versão para impressão
Os centros de saúde vão começar já este ano a rastrear o excesso de peso e obesidade na população adulta em Portugal. A medida foi aprovada na reunião do Conselho Cientifico da Plataforma Contra a Obesidade, organismo ligado à da Direcção Geral de Saúde.

Pedro Graça, coordenador da Plataforma Contra a Obesidade garantiu ao DN que o documento com a proposta foi aprovado. “É um documento de consenso que terá de ser aplicado em todos os centros de saúde”, refere acrescentado que irá ser enviado às unidades enquanto circular normativa.

Pedro Graça explica que vai ser feita uma avaliação inicial de todos os doentes adultos que passa por uma análise em quatro aspetos essenciais.”O doente será pesado, medido e serão feitas avaliações ao perímetro abdominal e à tensão arterial”.
Serão encaminhadas para aconselhamento mesmo pessoas com peso normal, desde que a sua cintura (perímetro abdominal) ultrapasse determinados valores-limite.

O documento aprovado prevê ainda a criação de equipas multidisciplinares nos centros de saúde, “compostas por nutricionistas, especialistas em atividade física, psicólogos e médicos e enfermeiros com formação específica”.

Depois do programa cirúrgico contra a obesidade, anunciado no fim de 2009, a Direcção-Geral da Saúde vai iniciar nova batalha, agora numa fase mais precoce.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório