Ambiente

CE aprova projeto para recuperar lince-ibérico

NULL
Versão para impressão
Um novo projeto de 34 milhões de euros vai permitir quase dez anos de trabalho em prol do felino mais ameaçado do mundo numa tentativa de criar novas populações do felino ibérico em Portugal e Espanha.

A Comissão Europeia aprovou, este mês, o projeto Iberlince (de 1 de setembro de 2011 a 31 de agosto de 2016). Através do programa Life+, este projeto que conta com um orçamento de 34 milhões de euros quer fazer crescer as duas únicas populações reprodutoras do planeta para 70 fêmeas na Serra Morena e 25 em Doñana.

O projeto, da autoria da Junta de Andaluzia, quer ainda estabelecer quatro novas populações de lince, com cinco fêmeas cada uma, em locais onde a espécie já existiu.

“Este projeto pretende recuperar a distribuição histórica do lince-ibérico nas regiões da Andaluzia, Castela-La Mancha, Estremadura espanhola e em Portugal”, segundo o resumo do projeto citado pelo Público. O objetivo é identificar áreas com recursos naturais suficientes para a posterior reintrodução da espécie.

Portugal, através do Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB), vai responsabilizar-se por ações no valor de 3,6 milhões de euros a que corresponde uma comparticipação nacional de 1,4 milhões, adiantou Tito Rosa presidente do ICNB.

Até ao final de 2012, Portugal comprometeu-se a implementar um programa detalhado para a reintrodução dos animais na natureza.

Espanha iniciou em 2003 os trabalhos para trazer de volta o lince-ibérico. Passados oito anos, existem 92 animais em cativeiro cinco centros, um deles em Silves, no Algarve, 26 crias da última época de reprodução, que agora terminou.

Portugal e Espanha têm preparado os terrenos mediterrânicos para a volta dos felinos que, em estado selvagem, serão agora cerca de 200.

[Esta notícia foi sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório