Em Destaque Lifestyle

Catarina Camacho: Moda sem filtros, para pessoas reais

Afinal qual é o seu estilo?
Versão para impressão

 

A pergunta à primeira vista parece ser de resposta fácil e imediata. Mas será? Quando me consultam esta é uma das primeiras perguntas que costumo fazer. A resposta invariavelmente é “não sei bem”. Então passo para a segunda: “e quais são as pessoas que tem como referência, com quem se identifica pela história de vida e/ou estilo?” Aí, surgem logo alguns nomes, o que torna tudo mais fácil.

São as chamadas “it girls ou it boys“. E qual é o problema em as termos como fonte de inspiração? Quanto a mim, não há mal nenhum nisso. O que não devemos é ser fotocópias das ditas “referências“. Pelo contrário. Temos que ser, temos que nos ver e sentirmo-nos como uma marca. Sim, uma marca com características singulares. No fundo, o estilo é tão exclusivo como o nosso próprio ADN. Tão, tão único que nem os irmãos gémeos partilham o mesmo. Portanto, o nosso estilo é aquele detalhe que nos distingue. É a nossa assinatura.

Mergulhei dentro do meu guarda roupa e fui tentar descobrir. Afinal, quem sou eu? Movida pela curiosidade e numa espécie de aventura, descobri que tenho a caixa de Pandora, não cheia de todos os males do mundo como conta o mito grego, mas sim cheia de peças que conjugadas de várias maneiras formam looks diferentes.

Portanto, analisando-me através do que tenho no meu armário descobri que o meu estilo é ter vários! E sinto que me encaixo em todos eles.

Proponho com este artigo que sigam o meu exemplo e façam o mesmo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Look 1

“Destroyed jeans”.

Tendência inspirada no movimento punk. Um dos meus preferidos, confesso. Gosto destes contrastes entre as calças rasgadas que lhes dá um aspeto gasto, com o body simples mas ousado no decote qb. O blazer preto dá o toque formal e os stilettos e carteira rosa fúcsia marcam e assinam este coordenado desconstruído.

Pssst: Provavelmente quem usar calças rasgadas vai ouvir: “oh coitadinha, não tem dinheiro para umas novas” ou “onde andaste que perdeste bocados de ganga “. A questão é, gosta de as usar? Ficam-lhe bem? Sente-se confortável? Adequam-se ao local onde vai? Então, ria-se e siga em frente.

Nota: com apenas uns ténis e uma carteira XL este look torna-se num outro, “o casual rebelde”.

Casaco Mango
Calças, body e stilettos Zara
Fio com pedra (que anda sempre comigo) Jóia Joalheiros
Relógio swatch
Carteira Parfois

Este slideshow necessita de JavaScript.

Look 2

“Clássico Ladylike “

Destaque para a elegância e simplicidade. Porque “menos é mais” os acessórios são discretos, porém sofisticados. A combinação monocromática no tom rosa claro torna este look, feminino romântico e doce.

Camisola, saia e carteira Loja Mau feitio
Sapatos Valentino ( ahahah, mentira!Parecem, mas não. São uma inspiração na coleção Valentino mas com menos uns zeros no preço. Surpresa…estes foram comprados na Primark)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Look 3

Bohô (chic)

Descontraído, despretensioso e confortável. Os tons com cores claras, os tecidos leves e fluidos, a sobreposição de peças, as franjas, os pompons, são as características base deste estilo. As bolsas de cintura regressaram, para provar mais uma vez que a moda é cíclica.

Nota: O desafio é fazer com que tudo o que precisamos durante o dia ali caiba naquela mini “bolsa”.

Vestido Zara
Bolsa de cintura e brincos Parfois
Botas Stradivarius

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Look 4

“Sensual Naif “

O top de seda rosa claro, tem delicados detalhes em renda, o decote é evidente, mas discreto, as alças finas com tendência a escorregar pelos ombros, deixam a sensualidade no ar. As calças pantacourt têm as cores desta primavera serena.Os sapatos de salto alto, dão a altura que a calça pede (ideal para as mais baixinhas) e o pormenor do laço dá um ar de sua graça.

Top Stradivarius
Calças Loja Mau Feitio
Sapatos (Melissa) Loja mau feitio
Acessórios Parfois.

Nota importante: ter sempre consciência de que infelizmente o que fica bem e adoramos ver nos outros nos pode vir a favorecer. “Aceite que dói menos” e contorne a situação.

 

Catarina Camacho, consultora de moda
Facebook: @Catarinacamachortp
Instagram: @catarinacamacho.rtp
Email: catarinacamachoficial@gmail.com

Fotografia: Nuno Silva e Pnto
Iluminação; Hugo Pimentel

Agradecimentos:
The Luggage Hostel & Suites

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub