Sociedade

Castelo Branco: 250 mil euros para empresas

O projeto Ródão Finicia estabelece a criação de um fundo monetário de apoio às micro e pequenas empresas de Vila Velha de Ródão, a partir de um valor inicial de 250 mil euros. A autarquia responsabiliza-se por 20 por cento do investimento, cabendo ao
Versão para impressão
O projeto Ródão Finicia estabelece a criação de um fundo monetário de
apoio às micro e pequenas empresas de Vila Velha de Ródão, a partir de
um valor inicial de 250 mil euros. A autarquia responsabiliza-se por 20
por cento do investimento, cabendo ao BPI, uma das entidades associadas à
iniciativa, a comparticipação dos restantes 80 por cento.

A implementação do programa, que disponibiliza aos empresários linhas de crédito até 45 mil euros,
amortizáveis de três a seis anos, com um ano de carência, é justificada pela necessidade de “estimular e orientar investimentos a realizar por micro e pequenas empresas no concelho de Ródão”, refere a autarquia.

A Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão acredita que este é “um produto inovador e atrativo, quando comparado com os demais disponíveis no mercado” e que contribuirá, assim, para “a saudável manutenção e desenvolvimento do tecido empresarial do concelho”.

As micro e pequenas empresas em fase de criação – que tenham concluído até três exercícios fiscais -, detidas preferencialmente por jovens empresários, são os principais alvos do Ródão Finicia.

O protocolo financeiro e de cooperação foi celebrado no passado mês de março e envolve ainda entidades como a Garval – Sociedade de Garantia Mútua SA, a Associação Empresarial da Região de Castelo Branco e o IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório