Ambiente

Cascais: 48 milhões de euros no combate à poluição

A empresa Águas de Cascais, responsável pelo abastecimento de água no concelho, vai investir nos próximos três anos uma quantia de 48 milhões de euros para combater a poluição nas linhas de água.
Versão para impressão
A empresa Águas de Cascais, responsável pelo abastecimento de água no concelho, vai investir nos próximos três anos uma quantia de 48 milhões de euros para combater a poluição nas linhas de água.

Em nota enviada à agência Lusa, a empresa fez saber que já este ano serão realizadas diversas intervenções no valor de 13 milhões de euros nos Sistemas de Abastecimento de Água e de Águas Residuais Doméstica.

Os principais motivos que deram origem a este plano de intervenção a três anos são as redes envelhecidas do concelho, os consumos crescentes, redes que não separam as águas pluviais das águas residuais, ligações clandestinas e descargas ilegais para as redes pluviais.

O objetivo da empresa é “resolver aspetos já identificados no passado – descargas de água indevidas – que se prendem essencialmente com a poluição das linhas de água do concelho, bem como com a necessidade de ampliar e melhorar as condições do abastecimento de água em localidades mais sensíveis”.

No final do ano passado registaram-se várias descargas de águas pluviais no mar, na zona do Estoril, devido a roturas nas condutas de abastecimento de águas domésticas devido ao seu envelhecimento.

A primeira fase deste ciclo de investimentos começa este mês, com a renovação de cinco pontos distintos da Baixa de Cascais e com a intervenção em dois quilómetros na Estrada Nacional 6 (Avenida Marginal) entre a Parede e Carcavelos, ambas, nas redes de águas residuais domésticas.

Além disso, para o primeiro semestre de 2011 estão ainda previstas obras para limpar as linhas de água da Ribeira das Vinhas e das praias da orla costeira, bem como na Avenida Marginal, na Parede e Carcavelos.

Intervenções na Rede de Águas residuais Domésticas e de Abastecimento de Água no Vale de Santa Rita, construção da Estação Elevatória na Malveira da Serra, construção do Reservatório de Manique e criar uma rede de abastecimento de água às zonas da Figueira do Guincho e Biscaia, são outras das obras previstas este ano.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub