Inovação e Tecnologia

Carro em piloto automático leva condutor ao hospital

Joshua Neally, um advogado dos EUA, sofreu uma embolia pulmonar ao volante do seu Tesla Model X quando regressava a casa do trabalho. Em vez de aguardar por uma ambulância, programou o piloto automático para o levar até ao hospital mais próximo.
Versão para impressão
Em Agosto, Joshua Neally, um advogado dos EUA, sofreu uma embolia pulmonar ao volante do seu Tesla Model X quando regressava a casa do trabalho. Em vez de aguardar por uma ambulância, o homem programou o piloto automático para o levar até ao hospital mais próximo.

Uma embolia pulmonar ocorre quando há uma obstrução de um vaso sanguíneo nos pulmões. Em alguns casos pode mesmo ser fatal. Segundo os médicos, Neally teve sorte em sobreviver enquanto conduzia.

Neally, que vive e trabalha no estado do Missouri, programou o automóvel elétrico para o levar até às urgências de um hospital. Aproximadamente 32 quilómetros depois assumiu o controlo do volante e conduziu o carro ao estacionamento do hospital. Deu entrada nas urgências sozinho.

O piloto automático do Tesla Model X é capaz de mudar de faixa sozinho e de reagir ao trânsito, mas já foi protagonista de dois acidentes mediáticos nos Estados Unidos, um dos quais resultou numa fatalidade – o episódio ocorreu em Maio deste ano, na Flórida, quando o automóvel não conseguiu detetar um camião no caminho.

Quando a Neally, a impressão não poderia ser mais positiva: “estou muito grato por tê-lo [ao Tesla Model X] comigo nesta experiência”, diz em declarações ao canal KY3.

Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub