Ambiente

Caparica: Linha de costa será reforçada

Apesar de o Instituto da Água (INAG) ter referido, em maio, que este ano não seria necessário intervir na Costa de Caparica para alimentar artificialmente as praias, a mesma entidade veio agora confirmar que vai fazer uma "intervenção pontual de refo
Versão para impressão
Apesar de o Instituto da Água (INAG) ter referido, em maio, que este ano não seria necessário intervir na Costa de Caparica para alimentar artificialmente as praias, a mesma entidade veio agora confirmar que vai fazer uma “intervenção pontual de reforço da estabilidade” na linha de costa.

O INAG está ainda a equacionar a forma e a tipologia adequadas para a operação, mas admite que esta possa ser realizada ainda este ano.

De acordo com fonte do INAG, citada pela agência Lusa, a decisão foi tomada no seguimento do trabalho de monitorização das intervenções e de acompanhamento da evolução do grau de proteção da costa que o instituto tem desenvolvido com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Recorde-se que em junho, numa sessão pública de esclarecimento, o INAG referiu os motivos pelos quais não iria proceder a uma nova intervenção nas praias da Costa: “Em maio de 2010, não houve alimentação artificial e o sistema acumulou 720 mil metros cúbicos”, afirmou então António Rodrigues, engenheiro do INAG.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório