Sociedade

Cantinas das escolas estão mais saudáveis

NULL
Versão para impressão
As ementas escolares estão mais saudáveis do que há seis anos. Quem o diz é a DECO que realizou uma análise dos menus de 100 escolas e registou um aumento da presença de legumes e uma diminuição bastante acentuada dos fritos servidos às crianças. As carnes vermelhas, pelo contrário, continuam a existir em quantidade elevada nas cantinas.

As escolas públicas apresentaram resultados ligeiramente mais satisfatórios que as privadas, no que diz respeito às bebidas servidas aos alunos e às sobremesas. Ainda assim, a conclusão da revista Teste Saúde, é que entre 2005, altura da última análise, e este ano houve uma melhoria muito positiva da qualidade das refeições.

A DECO avaliou os menus de 100 escolas públicas e privadas do 2º ciclo do ensino básico durante quatro semanas e umas das principais mudanças registadas foi mesmo ao nível dos fritos que, anteriormente, ocupavam o primeiro lugar da lista de refeições mais frequentes e agora passaram para terceiro.

As sopas são sobretudo de legumes ou leguminosas, “as mais aconselhadas”, indica o comunicado da DECO. Registou-se uma diminuição das sopas e caldos de peixe, que representam agora 5% do total de sopas servidas às crianças.

As escolas “revelam preocupação em fornecer uma alimentação variada e equilibrada aos alunos. A maioria recorre a métodos de confeção saudáveis, como estufados e preparados no forno, e oferecem uma boa alternância entre carne e peixe”, pode ler-se.

Os menus estão mais equilibrados, tendo o peixe passado a ocupar um lugar de maior destaque, assim como os legumes. De facto, em 2009 apenas 9% dos estabelecimentos incluíam legumes no prato principal, tendo esse número subido para 65%. Os restantes acompanhamentos também estão mais saudáveis, tendo as batatas fritas quase desaparecido dos menus escolares.

A acompanhar a comida, as escolas preferem água. “A água é a única bebida disponível nos refeitórios das escolas públicas, embora os alunos possam comprar outras fora da cantina. Nalguns privados, os alunos podem optar por refrigerantes à refeição: são mais apetecíveis, mas menos saudáveis”, explica a nota.

A fruta é a sobremesa mais oferecida aos alunos, sendo os privados os estabelecimentos que incluem doces com mais frequência. No entanto, não ultrapassam os limites adequados de quatro vezes por mês.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório