Ciência

Cancro: Portuguesas vencem prémio mundial nos EUA

Cinco investigadoras portuguesas receberam o 1.º prémio do Congresso Mundial "Drug Discovery & Therapy World Congress 2013", que decorreu em Boston, com um estudo sobre novos compostos metalo-orgânicos, que pretendem aplicar na terapia do cancro.
Versão para impressão
Cinco investigadoras portuguesas receberam o 1.º prémio do Congresso Mundial “Drug Discovery & Therapy World Congress 2013”, que decorreu em Boston (EUA) no início deste mês, com um  estudo sobre novos compostos metalo-orgânicos, para que estes possam ser aplicados na terapia do cancro.

Fernanda Marques, do Instituto Superior Técnico/Instituto Tecnológico e Nuclear, em conjunto com as investigadoras M. Helena Garcia, Tânia S. Morais, Ana Isabel Tomaz, Andreia Valente, do Centro do Ciências Moleculares e Materiais (CCMM) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), foram premiadas pelo trabalho “Cyclopentadienyl ruthenium (macro)metallodrugs: large spectrum antitumor agents”.

Com este trabalho científico, as cinco investigadoras obtiveram o 1.º prémio deste Congresso, que teve especial enfoque em abordagens interdisciplinares à área da descoberta de novos fármacos, onde concorreram 380 trabalhos e no qual participaram 800 cientistas de 50 países diferentes.

O trabalho foi apresentado em Boston pela investigadora Maria Helena Garcia (na foto), que foi também oradora nesta Conferência, na secção “Hot Topics in Medicinal Chemistry”.

Segundo a página da FCUL, os resultados desta investigação “têm conduzido à descoberta de compostos com espetro de ação mais amplo que os metalofármacos atualmente em uso clínico, afigurando-se assim como uma alternativa bastante promissora”.

Pode consultar mais informações AQUI.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub