Sociedade

Cancro: Grupo de mães organiza arraial solidário

Um grupo de mães decidiu juntar-se para organizar um arraial de solidariedade. As mães não se conhecem pessoalmente, mas partilham experiências numa rede social e querem angariar fundos para o tratamento, no estrangeiro, de duas crianças com cancro.
Versão para impressão
Um grupo de mães decidiu juntar-se para organizar um arraial de solidariedade. As mães não se conhecem pessoalmente, mas partilham experiências numa rede social e querem angariar fundos para o tratamento, no estrangeiro, de duas crianças com cancro.
 
Pelo nome “Grão a Grão”, este movimento de mães quer levar Leonor, de 4 anos, e Ivanoel, de 14, à Alemanha, para um tratamento que os poderá curar do cancro de que padecem. 
 
Os dois sofrem de tumores malignos que nem uma longa estadia no Instituto Português de Oncologia conseguiu curar. A última esperança está num tratamento em terras germânicas, mas que está economicamente fora do alcance dos seus familiares.
 
“Pretendemos dar apoio jurídico e financeiro às famílias, para que estas duas crianças possam rapidamente fazer o tratamento de que precisam”, escrevem as mães deste movimento na sua página de Facebook.
 
Por isso, uniram-se e deitaram mãos à obra na organização de um arraial solidário, que irá decorrer no próximo sábado, no colégio Avé Maria, em Alcântara, entre as 10h e as 0h.

Image and video hosting by TinyPic

A organização conta já com inúmeros apoios de empresas e instituições que se quiseram juntar à causa. Haverá comida e bebida, roupa e outros bens doados para venda, música,  e atividades para crianças como jogos tradicionais, contadores de histórias, insufláveis, pinturas faciais e manicures.
 
Graças aos patrocínios vão ser realizado também sorteios com prémios: uma semana na ilha do Sal, em Cabo Verde, um fim de semana no Algarve, aulas de surf e bodyboard, entre outros.
 
O objetivo é que seja “uma festa cheia de sorrisos, os mesmos que queremos ver na cara da Leonor, do Ivanoel e das suas famílias e amigos.”
 
“Podemos não fazer a diferença toda, mas acreditamos que 'grão a grão', é possível ajudar”, refere a organização.

Clique AQUI para aceder à página de Facebook que as mães solidárias criaram para o Movimento Grão-a-Grão.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub