Saúde

Cancro da mama: Rastreio em Loulé até março

Está a decorrer, até 31 de março, no Centro de Saúde de Loulé, no Algarve, um rastreio de Cancro da Mama aberto a todas as mulheres com idades compreendidas entre os 50 e os 60 anos de idade e que residam no concelho de Loulé.
Versão para impressão
Está a decorrer, até 31 de março, no Centro de Saúde de Loulé, no Algarve, um rastreio de Cancro da Mama aberto a todas as mulheres com idades compreendidas entre os 50 e os 60 anos de idade e que residam no concelho de Loulé.

Esta iniciativa faz parte do Programa de Rastreio do Cancro da Mama realizado pela Administração Regional de Saúde do Algarve (ARSA) juntamente com a Associação Oncológica do Algarve.

A Administração Regional de Saúde do Algarve (ARSA), comunica que o rastreio é totalmente gratuito. Nesse sentido, todas as utentes que cumpram o requisito da idade vão receber uma carta com uma marcação/convite para realizarem uma mamografia. O rastreio é feito numa unidade móvel situada na sede do centro de Saúde de Loulé.

Os organizadores do rastreio consideram esta iniciativa da maior importância já que permite trabalhar na prevenção e na deteção precoce deste tipo de cancro que continua a ser o que mais frequentemente é diagnosticado em mulheres.

 “Quanto diagnosticado precocemente, o cancro da mama tem uma excelente taxa de cura”, sublinha a ARSA no comunicado agora divulgado.

Os dados oficiais, dão conta que só no concelho de Loulé, desde o início destes rastreios em setembro de 2005, já foram diagnosticados 18 cancros. No último rastreio, a taxa de participação das louletanas nesta iniciativa foi de 57 por cento.

O cancro da mama é uma realidade que afeta maioritariamente as mulheres e, quando é diagnosticado antecipadamente, tem grandes probabilidades de cura.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub