Mundo

Canadá: Jovens lançaram boneco para o espaço

Dois jovens canadianos enviaram para espaço um boneco da Lego através de um balão de hélio e filmaram todo o seu percurso.
Versão para impressão
Dois jovens canadianos enviaram para espaço um boneco da Lego através de um balão de hélio e filmaram todo o seu percurso. Com esta insólita ideia foram elogiados por diversas empresas internacionais.
 
Na passada quarta-feira os dois jovens, Mathew Ho e Asad Muhammad, ambos de 17 anos concluíram finalmente o seu projeto de quatro anos e lançaram a partir de um campo de futebol em Toronto um boneco para o espaço.
 
Através de um balão de hélio, semelhante aos usados pela meteorologia, com um pará-quedas instalado e todo equipado com material comprado na internet, o “pequeno piloto de Lego”, envergando uma bandeira canadiana, subiu a uma altitude duas vezes superior à utilizada pelos aviões comerciais.
 
O boneco de plástico atingiu a atmosfera viajando cerca de 24 quilómetros e regressou à terra, passados 97 minutos. Todo o percurso feito foi filmado através de quatro câmaras instaladas no interior do aparelho.
 
Após umas horas, o aparelho foi depois recuperado pelos jovens através do sistema de GPS instalado acabando por o localizar a 122 quilómetros do local de lançamento.

A experiência arrecadou elogios
 

Após o jornal canadiano The Star ter publicado a história desta aventura, os jovens Ho e Muhammad foram inundadas com pedidos de entrevistas dos meios de comunicação no Canadá e de todo o mundo.
 
Os dois adolescentes foram elogiados pelo professor de astrofísica, Michael Reid, da Universidade de Toronto, que considerou “impressionante” que tivessem conseguido este feito sozinhos. “Dois jovens de 17 anos terem conseguido realizar esta proeza, sem qualquer tipo de ajuda, é sem dúvida um feito impressionante”, disse ao jornal The Star.
 
A empresa Lego também não ficou indiferente a esta aventura, emitido um comunicado onde lhes dá os parabéns “Nós ficamos sempre espantados pela forma como os fãs da Lego utilizam os nossos produtos”, afirmou Michael McNally, responsável pelo departamento de Relações Públicas da Companhia.
 
Na quinta-feira, a Canon, marca da qual eram as câmaras escolhidas pelos jovens para documentar a viajem, disse que queria oferecer a ambos um conjunto de câmaras de modo a “continuarem a criatividade e inspiração.”
 
Já a planear o futuro, o jovem Mathew Ho diz querer estudar comércio na Universidade de Queen ou na University of British Columbia, e Asad Muhammad quer estudar engenharia na Universidade de Toronto ou no Colégio Centenário.

Clique AQUI para ler a notícia do jornal The Star sobre este assunto.
 

[Notícia sugerida por Ana Guerreiro Pereira]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório