Saúde

Cafeína pode evitar depressão nas mulheres

NULL
Versão para impressão
Numa altura em que se assinala o Dia Europeu da Depressão, é divulgado um estudo que indica que beber café – duas ou mais chávenas por dia – pode ajudar a evitar a depressão entre o sexo feminino. Na investigação da Harvard Medical School participaram mais de 50 mil mulheres.

O estudo, divulgado pela “Archives of Internal Medicine”, mostra que as mulheres que bebem café são menos propensas a vir a sofrer de depressão. Os investigadores acreditam que isso acontece porque a cafeína provoca alterações químicas no cérebro.

Desde 1996, os cientistas do Harvard Medical School observaram 50.739 mulheres, com uma média de 63 anos e livres de sintomas depressivos. Ao longo de uma década, o seu consumo de café foi medido através de questionários.

Ao longo de 10 anos, os especialistas identificaram 2.607 casos incidentes de depressão, sendo que as mulheres que consumiam mais cafeína foram também as menos atingidas pela doença.

No final, os especialistas concluíram que, segundo o estudo, “o risco de depressão diminui com o aumento do consumo de café com cafeína”, já que é conhecida pela sua capacidade de realçar sentimentos de bem-estar e de energia.

No entanto, a equipa ressalva que “investigações adicionais são necessárias para confirmar esta descoberta e para determinar se o consumo de café pode contribuir para a prevenção da depressão”.

Clique AQUI para aceder ao estudo da Harvard Medical School.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta e Ana Isa Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório