Sociedade

Cadeia de vestuário lança coleção de roupa reciclada

A cadeia de vestuário sueca H&M prepara-se para lançar no mercado, em Fevereiro, uma nova coleção, criada a partir de roupa reciclada. Depois da campanha de recolha de roupa promovida em Fevereiro de 2013, a marca pegou no vestuário angariado, recicl
Versão para impressão
A cadeia de vestuário sueca H&M prepara-se para lançar no mercado, em Fevereiro, uma nova coleção, criada a partir de roupa reciclada. Depois da campanha de recolha de roupa promovida em Fevereiro de 2013, a marca pegou no vestuário angariado, reciclou-o e desenvolveu uma linha de produtos feitos a partir do mesmo. 
 
A coleção consiste num total de cinco peças clássicas denim, produzidas a partir de algodão reciclado. Para já, os novos tecidos contam com 20% de material reciclado, que corresponde à quantidade máxima que pode ser incorporada nos novos tecidos, sem que a sua integridade fique comprometida. 
 
Ainda assim, o objetivo da marca sueca é aumentar progressivamente o uso de materiais reciclados e, como tal, reforçar a sua “dedicação à sustentabilidade e maneira de tornar a utilização de têxteis num ciclo”.

Citado pelo Ecouterre, Jon Loman, designer responsável pelas peças de vestuário recicladas, refere que “a tendência de trabalhar com tecidos reciclados está a aumentar cada vez mais” e, como tal, os designers fazem questão de trabalhar com as últimas tendências e desenvolvimentos. 
 

“Todos os anos, há um sem número de toneladas de têxteis a serem largadas no lixo e a acabar em aterros sanitários. No entanto, 95% das roupas podem ser utilizadas novamente, quer através da sua reutilização quer da sua reciclagem”, escreve a empresa em comunicado. 
 
Para contornar estes factos, a H&M decidiu tornar-se a primeira marca de moda do mundo a lançar uma campanha de recolha de roupa nos 53 mercados em que, atualmente, marca presença, com o objetivo de, mais tarde, criar a sua primeira linha de vestuário reciclado. 
 
“É bom fazer algo em que tanto a marca como os consumidores acreditam e que, além disso, beneficia o ambiente”, acrescenta Jon Loman. As primeiras peças estão previstas chegar às lojas já em Fevereiro.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub