Fitness & Bem-estar

Cada vez mais portugueses querem férias offline

A paz das férias traz mais felicidade do que os momentos amorosos. Quem o garante é um estudo do site turístico HomeAway que contou com respostas de mais de 4.300 inquiridos de vários países, entre eles 600 portugueses.
Versão para impressão
Nova sondagem revela que os portugueses estão a rejeitar a tendência do “sempre ligados” e a optar por fazer um 'detox' digital durante as férias: até as conversas sobre trabalho são proibidas. 

Depois de ter sido uma tendência nos últimos anos, a moda do “always on” ou “sempre ligado” está a perder seguidores. Os portugueses estão a optar por estadias de férias que permitem estar 'offline' do mundo digital.

Segundo a sondagem, 25% dos inquiridos desligam os telemóveis e não consultam o email durante as férias, 23% admitem fazer horas extraordinárias antes de partir de férias para poderem relaxar quando estiverem ausentes, 17% estabelecem uma proibição de falar sobre trabalho durante as férias e 15% recusa-se a ver ou ler notícias para poder desligar completamente.

O estudo, encomendado pelo site de alojamento turístico HomeAway, revela que os turistas portugueses estão também, cada vez mais, a evitar situações que podem estragar a sua paz durante as férias.

Sítios sobrelotados como hotéis, ter que estar em locais com demasiados turistas e não ter privacidade, são alguns dos maiores inconvenientes apontados pelos portugueses em férias.

Estas situações podem explicar o motivo pelo qual 23% dos turistas portugueses optam por ficar numa casa alugada durante as férias de verão.

 
Férias dão mais felicidade do que momentos românticos
 
O mesmo estudo sugere que a paz das férias traz mais felicidade do que os momentos amorosos. Para os portugueses, o principal motivo das férias trazerem mais felicidade do que qualquer outro acontecimento, é a oportunidade de poderem passar mais tempo com a família, amigos e outros entes queridos (52%), estarem a uma curta distância da praia (39%) e de colocarem o sono em dia (31%).
 
Contudo, a felicidade pós-férias dura em média sete dias. Para perdurar o sentimento de felicidade pós-férias, os portugueses admitem que gostam de voltar a reunir com os companheiros de viagem (22%), pensam em reservar outra viagem assim que regressam (18%) e gostam de exibir a pele bronzeada (+17%).
 
Outras conclusões do estudo, cujos resultados foram encaminhados para o Boas Notícias, indicam que os turistas lusos tentam manter ao máximo a sensação de felicidade ao partilharem fotos das suas férias nas redes sociais (17%), a ouvirem a playlist das férias (15%) ou a recriarem a experiência de férias em casa, trazendo consigo especialidades típicas ou bebidas locais (14%).
 
O estudo foi desenvolvido pela OnePoll em fevereiro de 2016, com uma amostra total de 4375 pais, com filhos entre os 0 e 16 anos na Alemanha, Espanha, Estados Unidos da América, França, Itália, Portugal e Reino Unido; 625 inquiridos são Portugal.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório